quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Análise ao debate

Depois de algum tempo de jejum aqui no blog (a gente decidiu parar um bocado, porque as visitas já estavam a ser muitas e a fama também chateia), é altura de fazer mais um post.

Na verdade, quando o tempo é pouco, quem paga é o blog e o Fróias, que apesar de ser uma pessoa simpática, cheira um bocado mal. Mas o que me trouxe de novo à superfície foi mesmo o debate de ontem na RTP-Açores. Na qualidade de blogueiro… bloguista… blogador… de uma pessoa que escreve num blog, sinto-me na obrigação de fazer um post sobre o debate. E porquê? Porque quem não faz um post sobre o debate não é bloguista, não é nada!

Ora bem. O debate começou logo desde o princípio e acabou já perto do fim. Pelo meio houve um pequeno intervalo, que serviu para fazer uma pausa e, quiçá, para os candidatos beberem um copo de água. Alguns intervenientes preferiram cruzar a perna, outros não. Alguns foram intercalando, ora a perna direita para cima, ora a esquerda. Parecia que estava calor no palco, mas devia ser dos holofotes. Por falar em holofotes, nota positiva para o Sr. Silva das luzes e para o operador da Câmara 3, que fez um maravilhoso Low-Angle Shot no minuto 18:54.

E pronto… é isso… Acho que foquei todos os pontos interessantes do debate…

3 comentários:

Jordão 16/10/2008, 14:37:00  

Esqueceste de dizer que o senhor Martins, o do som é que não fez lá um bom trabalho! De resto acho que não lá muita coisa!

paranoiasnfm 17/10/2008, 07:31:00  

Eu não vi o debate.. Aliás, se há coisa que eu deteste, é ver políticos a atacarem-se mutuamente para tentarem ganhar o maior número de votos.

Começa no C. Neves e acaba no maior baboso de toda a campanha, o P.Terra... (acho que é o pior)... ou então não... porque o PDA, com aquela história do comboio em São Miguel... e mais não digo... (só tive pena de não o ter visto a dizer isso - hei-de procurar no youtube).

Portanto.. perder tempo com políticos? Não.

O que vou fazer é simples:
- Domingo, vou levantar o cú da cama à hora que me apetecer e tratar da minha vida;
- Domingo, quando estive despachado, vou fazer o que muitos vão fazer: votar.

Quanto às campanhas, p'ra mim foi-me indiferente, porque é sempre a mesma coisa: Quem está por fora tem sempre razão nos ataques (ou quase sempre)

A minha intenção de voto está decidida há muito.. e só mesmo se estiver burro no Domingo é que não voto naquele que tenho de votar.

Abraço

Anónimo 17/10/2008, 16:56:00  

ó MOÇOS, VOCÊS NÃO ARRANJARAM UM LUGARINHO NAS LISTAS?

O CARLINS PÔS LÁ O FILHO.

AQUILO É QUE FOI ESTUDAR!

  © Blogger template 'Grease' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP