terça-feira, 15 de abril de 2008

Há coisas...

Tenho andado a prestar mais atenção ao que por aí se diz no dia a dia.

Todos ouvimos já expressões como o "vai-se andando" ou, "o Chalana não percebe nada disto", mas gostaria de trazer à análise a mítica expressão do "há coisas..."

É algo profundo para se dizer porque, na realidade, há mesmo coisas!

Mas aqui entram as classificações - é que há coisas de muito tipo - como por exemplo:

"há coisas DO CATANO" (e do Caetano também) ou "há coisas do CARAÇAS". Mas também "há coisas do ARCO DA VELHA" (que é um restaurante em Ponta Delgada) e "há coisas LIXADAS" (como por exemplo uma porta de madeira). "Há coisas F@#%&=$" (como a Cicciolina) e, o mais profundo de todos, o "há coisas ASSIM" (assim chatas como esta que acabo de escrever...).

Homenagem singela esta, que faço ao génio que se lembra de criar estas pérolas da nossa fala diária. É que nem só de Camões vive a língua portuguesa!

Bom, era isto que tinha para partilhar hoje convosco. Mais valia estar sossegado... é qu' "isto há dias e dias"!!

1 comentários:

paranoiasnfm 17/04/2008, 15:10:00  

Há coisas... e mais coisas e que não sabemos, muitas das vezes, a que coisas nos referimos. LOL

Cumprimentos

  © Blogger template 'Grease' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP