quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Sobre os cortes de papel e os Calos do Rato

Como o meu título altamente académico indica, vou começar por abordar o tema dos cortes de papel. Isto porque ontem fiz um corte de papel e, misteriosamente, doeu tanto como ver o programa da Lucy ou como aquela vez em que fui atropelado por um Peugeot 205 à saída da escola (é verdade que o carro me partiu uma perna, mas também parti-lhe o pára-brisas com a cabeça. Toma, pa não seres parvo!!)

O que me leva onde eu queria mesmo chegar: aos Calos do Rato. Enquanto admirava o corte de papel com o mesmo orgulho com que um veterano olha para a sua ferida de guerra, apercebi-me que o meu pulso ostentava um bonito Calo do Rato. Imediatamente, notei também que nunca tinha ouvido tal expressão, "Calo do Rato". Logo, apressei-me a vir aqui patenteá-la e, desta forma, deixar a minha marca no mundo (é tipo o gajo que inventou a palavra “fixe”, hoje é podre de rico... não é?)

Mas o que é o Calo do Rato? Boa pergunta! É isto:

Exacto, é o calo que ganhamos por passar o dia todo ao computador! Os nossos antepassados ganhavam calos nas palmas das mãos por cavar a terra, nós ganhamos calos nos pulsos por passar o dia com o rato na mão (salvo seja).

Querem ver se os vossos colaboradores estão a trabalhar, esqueçam relatórios de produtividade e avaliações: o segredo está é nos Calos dos Ratos!

Disse!

2 comentários:

R 18/09/2008, 09:24:00  

Então o ppl que se pica com os WOW e afins...coitados! Onde já deve ir esse calo!
hahahahaha

paranoiasnfm 18/09/2008, 16:13:00  

Sim senhor... tens uma palavra patenteada. LOL
Quanto tempo vais levar para ficares milionário? :P

Também tenho... mas digamos que, talvez tenha o "Calo do Teclado".. e do rato também.
Isto porquê? Porque tenho também um na mão esquerda. LOL e não sou canhoto.
Abraço

  © Blogger template 'Grease' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP