quarta-feira, 26 de janeiro de 2005

O Fim da Autonomia Insular

"Porém, não obstante a ausência de um sentido evolutivo claro e acessível no estatuto das autonomias regionais, pode dizer-se que a última revisão instituiu um sistema que, não sendo, como qualquer outro, perfeito, dificilmente pode ser alterado, pelo menos de forma substancial, sem provocar rupturas incompatíveis com a natureza de um Estado unitário com Regiões Autónomas.
No domínio da racionalização do funcionamento do sistema político regional, das competências legislativas e da representação da República a última revisão constitucional foi até onde se pode legitimamente ir sem pôr em causa a subsistência do Estado unitário e do valor constitucional que representam as autonomias regionais."

Presidente Jorge Sampaio na Inauguração do Congresso sobre Cidadania
http://www.congressodacidadania.com

Chegámos ao fim da história?!...Não há lugar para mais nada de "substancial"? Se houver dá-se a ruptura? Bem não sabia que tínhamos ido tão longe!

P. S. - Mãe vou voltar para o Continente... isto aqui já deu o que tínha a dar!

El Greco

1 comentários:

Helder 28/01/2005, 11:39:00  

A solução parece-me clara! GUERRA PELA INDEPENDÊNCIA!!
Quem quer fundar uma ETA ou uma IRA comigo, hem, hem? Enviem os seus currículos (dá-se preferência a pessoal pré-disposto a atentados suicidas. Não temos virgens para oferecer, mas temos ananases e muito leite)...

  © Blogger template 'Grease' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP