quarta-feira, 5 de janeiro de 2005

TAP e SATA - O casamento perfeito

Foi uma alegria quando os Açorianos souberam que a TAP e SATA iam partilhar - ou seja já o partilhavam mas com destinos específicos para ilhas diferentes- os céus Açorianos, num sistema de "code-share" que "vai ao encontro das necessidades da Região".
Fixe...vamos ter mais aviões (ora hoje vou na SATA...amanhã venho na TAP)...mais opções... ementa variada ... mais hospedeiras para micar... Mas...

No final obtivémos aumentos gerais nas tarifas (15 € numa taxa de emissão de bilhete) e a particularidade de um açoriano doutra ilha que não a de S. Miguel ( que tem vôos directos) pagar mais 60 € nas ligações para o Porto (A TAP não cobre agora as compensações para os encaminhamentos para além do Aeroporto principal do Continente)


O Pai Natal bem que queria dar boas prendas aos Açorianos!

De quem é a culpa?!...Da nova fórmula de indemnização da tutela às companhias? Ou não será, também,- assim à mistura como quem não quer nada - um aproveitamento (in)feliz da "liberalização do espaço aéreo" consolidada num monopólio resultante deste "matrimónio conjugal", cuja lua de mel vai ser assegurada pelos açorianos?

Tá bonito!

El Greco

1 comentários:

rua do gi 08/05/2006, 17:18:00  

um luxo...

  © Blogger template 'Grease' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP