quarta-feira, 16 de maio de 2007

O dono morde mais que o cão

Não se metam com o cão do Mourinho senão o dono morde!

2 comentários:

Anónimo 16/05/2007, 10:32:00  

Quem ande atento ao que se passa na Inglaterra sabe bem que de cada vez que um cidadão britânico, justa ou injustamente, é detido ou alvo de sanções policiais noutra parte do mundo, os subditos de sua magestade logo implementam acções de retaliação. Ainda mais quando se trata de casos mediáticos e de grande visibilidade.
Neste caso a situação é absolutamente ridícula, pois em lugar nenhum do mundo se prende um cidadão só porque o seu cãozinho faltou à inspecção médica depois de uma viagem. Ainda por cima, entrando em sua casa de noite e na sua ausência. (só para verem como isto é aberrante, vejam o artigo 34.º da Constituição Portuguesa: "3. Ninguém pode entrar durante a noite no domicílio de qualquer pessoa sem o seu consentimento, salvo em situação de flagrante delito ou mediante autorização judicial em casos de criminalidade especialmente violenta ou altamente organizada, incluindo o terrorismo e o tráfico de pessoas, de armas e de estupefacientes, nos termos previstos na lei.") A intrusão judicial durante a noite é uma prática associada a regimes ditatoriais autoritários.

jorge 16/05/2007, 12:05:00  

Caro anónimo, o mourinho não foi detido porque o cão faltou à inspecção médica, ele foi detido por desrespeito à autoridade resultante da discussão que teve por causa do cão.
Concordo que a história do cão foi ridicula, e ele de repente teve razão em exaltar-se, mas temos de ver as coisas como elas são...

  © Blogger template 'Grease' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP